MENÇÃO HONROSA 

os 3 melhores poemas

1º Colocação, Regina Gonçalves Baptista. Americana/SP. “Vazio”.

2º Colocação, Miriã Gabriela Pinheiro. Sem endereço. “Papel amassado”.

3º Colocação, Gustavo Dias. Brasília/DF. “Tempos modernos”.

SELEÇÃO

por ordem alfabética 

Áckilla. Sem endereço. “Encarne-se”.

Admilson Nascimento. Santana (Admilson Dimmy). Sem endereço. " Um Poeta em Pedaços".

Adriana Muscat. São Paulo/SP. " o seu aniversário e o meu ventilador".

Afonso Silva Pereira. Franca/SP. “Imaginação”.

Alberto Marques de Medeiros Neto. Porto Alegre/RS. “No covil em meio as cobras”.

Alcione da Rocha. Sem endereço. “Meus altos e baixos não me definem”.

Alda leite. Sem endereço. “Sem título”.

Alesandro Corrêa. Carmo do Cajuru /MG. “Burocrático Assassinato de Jeremias”.

Alex Oliveira Gomes Soares. São Paulo/SP. “Brinca de amar”.

Alexia Pereira Pacheco (Alexia Pacheco). São Leopoldo/RS. “Você me amava ou você me matava?”.

Aline Áurea de Souza Santos. São Paulo/SP. “Menina”.

Aline Macedo. São Paulo/SP. “Poema pra regar as flores”.

Aline Yumi Tomimori. Mogi das Cruzes/SP. “Bailarina Torta”.

Alisson Cleiton de Oliveira. São Carlos/SP. “Sou, faço, tenho”.

Altierry Barbiero de Jesus Oliveira. Guarapari/ES. “Aqueles Lábios”.

Amanda Ingrid. Sem endereço. “Fogaréu”.

Amanda Melo. Sem endereço. “Quando "coisa" o coração”.

Amanda Vitória Demétrio. Campos Novos/SC. “Filme sem final”.

America Aparecida Oliveira Xavier Germano. Arraias/TO. “Onde está o seu Romeu?”.

Ana Beise. Sem endereço. “Sem título”.

Ana Cristina. Sem endereço. " Superficial".

Ana Flávia Alves. Fortaleza/CE. “Peace Mary”.

Ana Flávia Baetas Valois. Parnaíba/PI. “Nem com Mil Tsurus!”.

Ana Flávia Brandão Alves. Fortaleza/Ceará. “Menina prodígio”.

Ana K. F. Sem endereço. “Sem título”.

Ana Lorena Rodrigues Teixeira. São Paulo/SP. “A folha”.

Ana Luiza Araujo. São Paulo/SP. “Os Sentidos”.

Ana Luiza Oliveira. Sem endereço. “Inânimo”.

Ana Thaddeu Gomes. Itaqui/RS. “Sem título”.

Anderson Coelho Medeiros Gutierrez. Niterói/RJ. “Origem da Lua”.

André Abreu e Silva. Taboão da Serra/SP. " A Esmeralda de lagoa vermelha".  

André Da Silva Gomes (o silva). Alvorada/RS. “cantos”.

André Druzian. Sem endereço. "Sem título".

Andreyza Jesus Dias Teixeira (Yza Dorian). Ananindeua/PA. “Espiral”.

Andreza Silva. Sem endereço. “O vazio do ser humano”.

Angélica Freitas. Sem endereço. “Querida Angélica”.

ani_nha69. Sem endereço. “Sem título”.

Ariel Lira. Sem endereço. “Perpétuo Silêncio”.

Arlete M. Almeida. São Paulo/SP. “A dor da dor”.

Artur de Paiva. Sem endereço. “Todo choro é liberdade”.

Ávila Aparecida Cardoso Seixas (Ávila Seixas). Montes Claros/MG. “Vivência poética”

Bárbara Cardoso. Montes Claros/MG. “Um querer esotérico”

Bárbara Tavares Schiavon Machado. Ouro Branco/MG. “Cortejo”.

Bartolomeu Geraldo Marques. São Paulo/SP. “Nostalgia”.

Beatriz Cintra de Almeida Prado. Sorocaba/SP. “A descoberta”.

Belinda. Sem endereço. “E é nessa rotina que eu busco a inspiração“.

Benedito Carceles Tavares. Mogi das Cruzes/SP. “O Dia”.

Berg Viégas. Manaus/AM. “Para um Poeta é assim”.

Bluna Teixeira Machado (Solitária Caminhante). Rio de Janeiro/RJ. “Andorinha e a Pomba”.

Bruno Cesar de Oliveira. Juiz de Fora/MG. “A vida nos ensina”.

Bruno Pinto. Sem endereço. “Casa morta, flores vivas”.

Bruno Valverde. São Paulo/SP. “Neruda do Peru.”

Caetano Carlos da Costa Neto. Feira de Santana/BA. “Aquela pessoa”.

Caio Fraga. Sem endereço. “Soneto do olhar”.

Camila Fiorentini. Sem endereço. “Aqueles dias”.

Carlos Frederico Pereira da Silva Gama. Belo Horizonte/MG. “Nascente”.

Carlos Garcia. Sem endereço. “Redoma”.

Carmen Mariana Santos de Barros. Piraquara/PR. “Desejo Proibido”.

Carolina Legname de Paulo Regina (Carolina Legname). São Paulo/SP. “Cheia”.

Caroline Santos Amantino de Lima (Carol Amantino). São Pinhais/Paraná. “Líricos versos”.

Caroline Valente. Sem endereço. “Recital de Quinta”.

Catarina da Silva Brasil de Queiroga. Paulo/SP. “É assim que me sinto”.

Cecília Fernandes. Sem endereço. “Autodestruição”.

Celso William de Aguiar Junior. Contagem/MG. "Luta diária".

César Augusto Dos Santos Teixeira. São Luís/MA. “Vamos Reinventar o Homem?”.

Charles Ribeiro de Sousa. Goiânia/GO. “Poema sem título.”

Cia da Poesia. Sem endereço. “Quero”.

Clara Oliveira. Sem endereço. “Pontuação”.

Claudia Mestre Dias de Abreu. Francisco Santos/PI. “Diariamente morte”.

Cleiton Willian Rodrigues. São Luiz do Paraitinga/SP. “Brasil, país da tragédia diária”.

Cleovan de Sousa Ferreira (Cleovan Sousa). Francisco Santos/PI. “Depressão não é fraqueza”.

Cristina. Belo Horizonte/MG. “A beleza que te encanta”.

Daianny Andrade. Se endereço. "A fuga".

Daniel Rodrigues de Agrela (Daniel Agrela). São Paulo/SP. “Desordem”.

Daniela Almeida. Sem endereço. “Um grito no silêncio”.

Daniella Ábblica Oliveira da Cruz Lessa (Daniella Cruz). Caucaia/CE. “Deixa-me Escrever em Paz”.

Danielle Medeiros. Ilha de Boipeba/BA. “Momentos”.

Daniely Rodrigues Araujo. Corguinho, Mato Grosso do Sul. “Eu robô”.

Danny Maria Oliveira. Tupaciguara/MG." Lar de tempos perdidos".

Davi Holz Alvarenga. Vitória/ES. “Saldão”

Dayane Dias. Montes Claros/MG. “Sem título”.

Dayane Gonçalves Ferreira. Guarulhos/SP. “À meia-luz existencial”.

Débora Ribeiro. Sem endereço. “Profundidade”.

Deborah Cristina Trindade dos Reis Kashirajima. Sorocaba/SP. “Vida”.

Denise Fissan. Sem endereço. “Náusea”.

Diane Ruedo de Almeida. Jaragua/SP. “Beijos Camélia”.

Diogo Manochio. Rio de Janeiro/RJ. “À deriva”.

Domícia Cláudia de França Pessoa. João Pessoa/PB. “Veia Branca.”

Doraídes Reis. Bela Vista de Goiás/GO. "Sem Título".

Eden Gonzalez Junior. São Caetano do Sul/SP. “Tributo a dor de um artista”.

Edi Santana Barbosa. Juazeiro/BA. “Palavras”.

Edna Maria Silva Santos (Edna Maria Silva). Parnaíba/PI. “Sítio Eco Spa Acolher”.

Ednaldo Rodrigues da Silva Lourenço. Blumenau/SC. “Panóptica Coletiva”.

Eduarda Silva Ferreira. Marília/SP. “Gratidão”.

Eduardo Flávio Jacob. Araxá/MG. “Abiose”.

Eduardo Torres Prado. Holambra/SP. “é difícil aqui fora”.

Eduardo Veloso. Sem endereço. “Translucides”.

Efigenia Coutinho Mallemont. Balneário Camboriú/SC. “Vestida de Flores”.

Elaine Carelli. Caetano do Sul/SP. “Reticências”.

Elciane de Jesus Santos. Presidente Tancredo Neves/BA. “A ilusão da escravidão”.

Elder Pereira da Silva. Picos/PI. “A vida”.

Elisângela Maria da Silva. São Paulo/SP. " Mar de Eli".

Elizete Soares. "Despindo-me!".

Emídio Borges Leal Júnior. Picos/PI. “Minha Cidade”.

Emylly Elias de Melo. São Paulo/SP. “Tua”.

Erica Poly. Sem endereço. “Sem título”.

Érica. Sem endereço. “Lacunas”.

Eriko Romão de Villalba Alvim. São Paulo/SP. “Epitáfio à luz de velas”.

Erlan Tostes. Formosa/GO. “Em Belém”.

Ernane de Jesus Pacheco Araujo. São Luís/MA. " A Insaciável Imortal”.

Esther Reis de Sousa. Goiânia/GO. “Vejo a lua”.

Eulidiane Morais. Fortaleza/CE. “Vida de estudante”.

Evanilson S. de Almeida. Campo Limpo/São Paulo. “Amor e Poesia”.

Extratos poéticos. Brasília/DF.  “Vazios da Alma”.

Fábio José Cavalcanti de Queiroz. Fortaleza/CE. “Dois modos da fila não andar”.

Felício de Freitas Netto. Ponta Grossa/PR. “Ele”.

Felipe Marcel Machado Costa. Santa Maria/RS. “Dos Mágicos Poderes”.

Fernanda C. Moniz de Aragão Gonzaga. Brasília/DF. “O brilho dela”.

Fernanda Marra. Goiânia/GO. “Fishing”. 

Fernando Valls Yoshida. São Paulo/SP. “Pop”. 

Filipe Fontoura. Juiz de Fora/MG. “IX – a corrente que vem do sul”.

Flávia Pereira. Florianópolis/SC. “Sem título”.

Flávio Feitosa Chaves. Novo Hamburgo/RS. “Nossos ciclos”. 

Franciane Soares Vieira. Brasília/DF. “No meio”.

Francine Rossini Trigo. Registro/SP. “Viva”.

Francisca Lenice Ferreira da Silva. Fortaleza/CE. "Quem ama não mata".

Francisca Viviane Vieira de Oliveira. Crato/CE. “Humanos nós”.

Franklin Roosewelt Santos Santana (Franklin Roosewelt). Aracaju/SE. “O convite”.

Frederico José Gonzalez. São Paulo/SP. " Agrilhoa”.

Fuad Caetano. Itaúna/MG. “Naquela manhã”.

Gabriel Antonio Diel Bitencourt. Martinópolis/SP. “Correlação sem causalidade”.

Gabriel Borges de Oliveira. Porto Velho/RO. “De mãos dadas”.

Gabriel de Oliveira Cruz. Aracaju/SE. “Luz ReVela”.

Gabriel Fernando Perucio. Goiânia/GO. “Meu bigode”.

Gabriela Maria Bráz. Itápolis/SP. “Mais um adeus”.

George Luís Linden. Florianópolis/SC. “Davi – Da vida”.

Gi Nocker. Sem endereço. “Tudo aquilo que me sufoca”.

Giovana Martini de Carvalho Souto (Gia Martini). Campo Grande/MS. “gêmeos de papel”.

Girassolnoolhar. Curitiba/PR. “Brisa”.

Guilherme Borges Leão. São Francisco do Sul/SC. “Outono”.

Guilherme Kubiszeski. Brasília/DF. “Hagia Sophia”.

Guilherme Lucas dos Santos Oliveira. Betim/MG. “Felicidade”.

Guilherme Serafim. Umuarama/PR. “Ciclos”.

Guilherme Thomaz De Carvalho-Ribás. São Paulo/SP. “Lutar? Sim, mas como?”.

Gustavo Dias. Brasília/DF. “Tempos modernos”.

Gustavo Santos Lima da Silva. São Bernardo do Campo – SP. “A voz dum morto”.

Helly Lucas Barros Crispim. Fortaleza/CE. “Pássaros em gaiolas”.

Heloisa C. M. Marques. Sem endereço. “As janelas”.

Henrique Andrade. Sem endereço. “O Orgulho e o Egoísta”.

Hilda Emilia. Sem endereço. “Dilia”.

Iara Pimenta. Belo Horizonte/MG. “Babel”.

Ícaro Lopes. Sem endereço. “Desafio”.

Ícaro Nelson. Sem endereço. “Sem título”.

Igor Zanetti. Sem endereço. “Pintura”.

Isabela Magalhães Bosi. São Paulo/SP. Aquilo naquilo”.

Isabella Graton. Sem endereço. “Rotina”.

Jackson Ramos Xavier. Salvador/BA. “Preciosa”.

Jaime E. Cannes. Sem endereço. “Despertar”.

Jairo Ajala Mielnik (J.A.Mielnik). Iguatemi/MS. “Saudade”.

Janet Grossi. Santo Amaro/SP. " Renúncia".

Jennypher Aguiar. Sem endereço. “Vivendo e aprendendo”.

Joana D’Arc Leiroz de Amorim. Rio de Janeiro/RJ. “Almas familiares”.

Joana Suellen Monteiro Sarmento. Ananindeua/PA. "Invasão".

Joane Santana. Sem endereço. “A luta do poeta”.

João Batista Franzin. São Bernardo do Campo/SP. “O sonho do alferes”.

João Paulo Celestino Lima. Palmeira dos Índios/AL. “Centelha de vida”.

Joaquim Cândido de Gouvêa. São Paulo/SP. “Quando Quiser”.

Jociane Pirolli Barivieira. Quatro Barras/PR. " Inocência".

Jonas Icaro do Nascimento Lemos. Américo Brasiliense/SP. "Fonte de Poesia ".

Jorge Wesley Bezerra. Sem endereço. “Grito”.

Josafá Paulino de Lima (Josafá de Orós). Campina Grande/PB. "A minha alma sobra no escuro".

José Carlos Aparecido Magri. Atibaia-SP. “As crianças e a chuva”.

José Claudio Ferreira da Silva. Sem endereço. “Pretérito”. 

José Heliodoro Pereira Filho. Maceió/AL. “Mutação”.

José Luiz Foureaux de Souza Júnior. Contagem/MG. "Poema desconsolado". 

José Olívio. Sem endereço. “Gosto da vida”.

Júlia Letícia. Sem endereço. “Sem título”.

Juliane Salvador. Caxias do Sul/RS. “Come(n)to".

Kalliane Oliveira. Sem endereço. “Aparências”.

Kárita Helen da Silva. Vitória/ES. “Liberta”.

karolzinha da Silva. Sem endereço. “Juramento do Artista”.

Kathleen Carneiro. Belo Horizonte/MG. “Limitações”.

Kédima Santos. Sem endereço. “Talvez eu tenha”.

Keilinha Moraes. Sem endereço. “Sem Título”.

Kelriany Nascimento da Silva (Any Nasci). Brasília/DF. “Bem Querer”.

Kesley Mariano da Silva. Goiânia/GO. “O seu amor em mim”.

Kynycoi. Sem endereço. “Por que as flores amam a chuva?”.

Lara Martins. Sem endereço. “Sem título”.

Larissa Elen da Silva. Sem endereço. “Toque”.

Larissa Souza da Costa. Parauapebas/PA. “Jogo limpo”.

Lázara Lelis Moreira Koury. São Paulo/SP. “Sem título”.

Leila Lúcia Gomes Martins. Astolfo Dutra/Minas Gerais. “A semeadora”.

Leleo Thom. Rio de Janeiro/RJ. “Sem título”.

Leon Nunes Goulart. Horizonte/Minas Gerais. “O Mensageiro do Amor”.

Leonardo Araujo Cardeal da Costa. Osasco/SP. “Digitando e Ensinando”.

Leonardo Seong Kyu Shin. São Paulo/SP. “O mergulho”.

Leonel da Silveira Duarte Filho (Leo Silveira). Rio de Janeiro/RJ. “Aos Enamorados”.

Letícia Fernandes Leal. Sem endereço. “Poema x poesia”.

Lidiane Oliveira da Silva (Nani Oliveiras). São Paulo/SP. “Vera na Tela”.

Lívia Evanny Martins dos Santos. Tomé-Açu/PA. “Crônica do Autoconhecimento”.

Lowry Landi de Matos Reis. Brasília/DF. “Enquanto as flores murchavam”.

Luana Cristina Santos Marques (Luamar). Valinhos/SP. “Amor é mar”.

Lucas Alves Santana (Di Santo). Campinas/SP. “A garota Jéssica”.

Lucas Aparecido dos Santos (Lucas delo Santos). Monte Santo de Minas/MG. “Curtas palavras”.

Lucas de Queiros Lopes (Antônio Fidalgo). Belo Horizonte/MG. “O que o espelho me diz”.

Lucas Souza. Sem endereço. “Poemas vozes de um sonho”.

Luiz Filipe Barros de França. Joinville/SC. “punição”.

Luiz Henrique Otto de Santana Filho. Goiânia/GO. “Não é um poema violento".

Luiza Maria Tormena Hidalgo. Bauru/SP. “Nas tardes tranquilas”.

Luiza Moura de Souza Azevedo. Feira de Santana/BA. “Ciclo".

Marcela Brito. Sem endereço. “Sem título”.

Marcia Andrea. Rio de Janeiro/RJ. "Sem título".

Márcio Paz Martins. Porto Alegre/RS. “Meu sonho infinito”.

Marcos Antônio Carvalho de Oliveira. Barras/PI. “Desejo”,

Marcos Darlan de Andrade. Rio de Janeiro/RJ. "Cometa".

Marcos dos Santos. Sem endereço. “Labareda”.

Marcos José Cardoso Varela. Crato/CE. "IntransparênciA".

Mardenia Maria de Sousa Magalhães. Caucaia/CE. “Ilusão”.

Mari Lopes. Sem endereço. “Amanhecer após a tempestade”.

Maria Adrielia Mesquita Nunes. Fortaleza/CE. " À solidão um remédio".

Maria Aldivânia Vieira Lacerda. Foz do Iguaçu/PN. “A Fronteira”.

Maria de Lurdes Alencar Araujo. Gurupi/TO. “Criança Carente”.

Maria Do Bom Sucesso Lacerda Fernandes Neta. Campinas/SP. “Perseverança na plantação”.

Maria Eduarda Rodrigues. Uberaba/MG. “Ar gauche”.

Maria Luiza Maia. Salvador/BA. “Escrevo aos poetas”.

Maria Magaly Colares de Moura Alencar. Recife/PE. “Escrevo aos poetas”.

Mariana Machado de Freitas. Santa Maria/RS. “O bom bufão”.

Mariana Pessoa Arcanjo. Ribeirão das Neves/MG. “A esperança”.

Mariele Bergamasco Cardoso. Valinhos/SP. “Ludibriada”.

Marina Mamede R. N. Rubio Guerrieri. Campinas SP. “Amar é tolice?”.

Marina Solé Pagot. Carlos Barbosa/RS. “10 passos para se tornar humano”.

Mário Garcia Jr. Sem endereço. “Menor-me”.

Mario Garcia Jr. Sem endereço. “Via expressa”.

Marli Firmina de Freitas (Marli F.). Dom Cavati/MG. “Sutileza de poeta”.

Maryana Moraes. São José do Goiabal/MG. “Sem título”.

Mateus Drumond. Itabira/MG. " Supernova".

Matheus Mainardes. Castro/PR. “Exício”.

Matheus Nunes da Silva Brito. Goiânia/GO. “Cidade Grande”.

Maurício Mayckon de Oliveira Lima. Fortaleza/CE. “Dois filhos”.

Maurício Reis. São Paulo/SP. "pórtico".

Maykon A. Souza (Neythan Blake). Sem endereço. “Um todo”.

Micaely Albany. Sem endereço. “Sem título”.

Mikaela Alves de Souza. Rio de Janeiro/RJ. “Nostalgia”.

Milca Tirza Peracelli. Avaré/SP. “Escuridão”.

Milena Piccoli de Moura (Milena de Moura). Florianópolis/SC. “Diamante”.

Miriã Gabriela Pinheiro. Sem endereço. “Papel amassado”.

Nágila Teixeira de Souza. São Bento do Tocantins/TO. “O que você nunca vai saber”.

Natalia de Mello Figueiredo. Campo Grande/RJ. “Flores de corações sertões”.

Natália Lage Tedesco. Petrópolis/RJ. “Tempestade da Alma”.

Natan Daniel Valentim. Muriaé/MG. “Nostalgia Mineira”.

Nathália Bertelle. Sem endereço. “Traços da poesia”.

Nathália Petriz. Sem endereço. “23h04”.

Nathan Marcondes. Delfim Moreira/MG. “Ser Humano”

Nilo José Corrêa Leite. Santos/SP. “As coisas que gosto”.

Orlando Alves. Sem endereço. “Em cada Domingo, um poema...”.

Paloma I. Do Cariri/CE. “Sol em oração”.

Pamella Xerem de Oliveira. Campo Grande/RJ. “Morena atrevida”

Paola Pereira Martins. Porto Alegre/RS. “Rio do Boi”.

Patricia Balchuna. Guarulhos/SP. “Sem título”.

Patrícia de Menezes Gondim. Fortaleza/CE. “Soneto no divã”.

Patrícia dos Santos. Paulo Afonso/BA. “Amor maior”. 

Patrícia Friseurin. Porto Alegre/RS. “Primeiro dia da primavera”.

Paulo Barreto e Filadelfo Amorim. Sem endereço. “Canto do Cisne”.

Paulo Henrique Miranda. São Paulo/SP. “Epitáfio”.

Pedro Diniz de Araujo Franco. Rio de Janeiro/RJ. “Vi”.

Pedro Valente Merheb. Sem endereço. “Ensaio sobre a eternidade”.

Peter Luca Mello Nardotto. Praia Grande/SP. “Ensaio sobre a eternidade”.

Priscila Gonçalves Cruz Teixeira. Rio de Janeiro/RJ. “A luta Continua”.

Priscila Presley Moreira Costa. Goiânia/GO. “Sem título”.

Priscylla Lins Leal. Salvador/BA. “Boa, terra, boa”.

Rachel Medina Girão Rios. Fortaleza/CE. “Correnteza em mim”.

Rafael Farina. Bento Gonçalves/RS. “De canto de olho”.

Rafael Santana da Rosa (Rafael Rosa). Cruz Alta/RS. “A culpa”.

Rafael Scapini. Rio de Janeiro/RJ. "Sem título".

Rafael Singulano Ponzoni. Sem endereço. “Teias”.

Rafaela Moreira. Guapiaçu/SP. “Eu me toco”.

Rafaela Santos de Araújo. São Paulo/SP. “Pise devagar”.

Rafaela Valentini Ortega Ruiz. Londrina/PR. “Bagunçada”.

Raphael Hessel Gomes (Daniel Rocumback). São Paulo/SP. “Navalha”.

Raphael Menezes da Silva. Barra Mansa/RJ. “Soneto da decisão”.

Raphael Onofrio Gama (Notória Lucidez). São Paulo/SP. " Espelho".

Raphaella Barros. Sem endereço. “Ela”.

Raul Marques Pimentel. Rio de Janeiro/RJ. " Aldeia de tolos".

Ravena Alcântara. Fortaleza/CE. " De encontro com o tempo".

Rayane Melo. Sem endereço. “Sem título”.

Rebecca Toscani. Sem endereço. “Sem título”.

Regina Gonçalves Baptista. Americana/SP. “Vazio”.

Reginaldo de Souza Venâncio. Altaneira/CE. " Uma bandeira necessária".

Regis de Moraes Marinho. Porto Alegre/RS. “O professor enforcado”.

Reinaldo Rodrigues Ribeiro. Rio Claro/SP. "A Porta e o Tempo".

Renata de Figueiredo Vivacqua (Renata Vivacqua). Brasília/DF. “Com Sensual”.

Renata Ettinger. Sem endereço. “Sem título”.

Ricardo Santos Leite. Aracaju/SE. “Silencio pela madrugada”.

Robério Gomes da Silva Filho (Robério G.). Lima/PE. “Ela renasceu de suas próprias decepções”.

Roberto Riske Neto. Nova Iguaçu/RJ. “O teu nome é saudade”.

Roberto Vagner Reis. Divinópolis/MG. “Oração dos bichos”.

Rodrigo Eugenio. Recife/PE. "Dorival".

Rodrigo Menezes. Sem endereço. “Viva Poesia”.

Rogério Bernardes. Sem endereço. “Onomatopeia”.

Romero Pio da Cunha Pires (Romero Pio). Recife/PE. “A Caverna de Platão”.

Rosangela Terezinha Rubel do Prado. Cascavel/PR. “Dar e receber”.

Rose Ramos. Sem endfereço. “Superação”.

Rúbia Francina de Almeida Zanetini. São Bernardo do Campo/SP. “Morada”.

Sah De Campos. Sem endereço. “Grande árvore”.

Samara Lima. Sem endereço. “Desassossego”.

Sandra Regina Pereira Santos Ferreira. Jaraguá/GO. “Vivo ou morto?”.

Sara Ferreira da Silva Costa. Rio de Janeiro/RJ. “Século XXI”.

Saulo Carneiro Ribeiro. Macapá/AP. “Augusto dos Anjos”.

Saulo Dantas da Silva. Taboão da Serra/SP. “Infelicidade”.

Sávyo Wilton. Sem endereço. “Gangorra da vida”.

Sheila Cordeiro. Sem endereço. " Amar é se desarmar".

Shiro Wendy Yi. Sem endereço. Sem endereço. “Debruçada na janela do quarto escuro”.

Shyrlenne Matsamura Ramos. Brasília/DF. "Cultura".

Sidneia Amelia Simões. Belo Horizonte/MG. "José".

Silvia Aguilar. Sem endereço. “Guardei”.

Sophia Caroline Gama. Curitiba/PR. “Solidão”

Stefany Cauany Santos Bernardo (Stefany Santos). Londrina/Paraná. “O anúncio”.

Suh Brito. Sem endereço. “Canção para amar”.

SupernovaTipoIA. Sem endereço. “Sem título”.

Susana Martins. Sem endereço. “Água parada”.

Sylvia Barbosa. Sem endereço. “Sem título”.

Tatiana Alves. Sem endereço. “Sem título”.

Tauã Lima Verdan Rangel. Mimoso do Sul/ES. “Manacá florido”.

Thaís Faria Yoshidome. Ribeirão Preto/SP. “Ao mar e aomar”.

Thalita Santana de Andrade. Tibau do Sul/RN. “Amor ou Equação?”.

Thalles Paixão. Sem endereço. “Andanças da vida“.

Thiago Winner. Viçosa/MG. “Amar é”.

Thierry. Sem enderço. “Luz da Lua Cheia”.

Tiago Arcego da Silva. Xanxerê/SC. “Poeta“.

Tiago Miranda Rodrigues (Tiago Miranda). Belo Horizonte/MG. “Sonhos metropolitanos”.

Tiago Salgado Vieira. Guarulhos/SP. “Análise sintática da pedra”.

Vagando no Infinito. Sem endereço. “Sem título”.

Valdir Cesar Conejo Júnior. São José do Rio Preto/SP. “Aprendizado”.

Verton Brandino da Silva. Colatina/ES. “Luar Chuvoso”.

Vitor Romano de Paula. São João del-Rei/MG. “Cortinas”.

Viviane Ulmann. Rio do Sul/SC. “Descobertas”.

Washington Vieira Lima. Pão de Açúcar/AL. " Ressurreição do velho Chico".

Weliton Geraldo Maia. Betim/MG. "Loucos em liberdade".

Yasmin Soriano Nascimento. Porto Alegre/RS. “Poesia escrita em um dia, desta vida”.

Yonildo Wladimir Tobias da Costa. Rio de Janeiro/RJ. “De onde tu vieste?”.

  • Instagram

CNNE - Concurso Nacional Novos Escritores ® - Todos os Direitos reservados.

cn.novosescritores@gmail.com